Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, PESCA E ABASTECIMENTO
AVISO!
Você está sendo redirecionado para fora do site do CEASA.
Deseja continuar ?
UNIDADES
A Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro CEASA-RJ é uma empresa vinculada à Secretaria de Estado de desenvolvimento regional, abastecimento e pesca. Conheça as unidades abaixo:
UNIDADE GRANDE RIO
É a segunda maior Central de Abastecimento da América Latina e opera junto à sede da empresa no subúrbio da cidade.
UNIDADE SÃO GONÇALO
Considerado o entreposto com maior potencial do Estado, a unidade cresce na mesma proporção que os municípios vizinhos.
UNIDADE REGIÃO SERRANA(NOVA FRIBURGO)
Inaugurado em 1977, absorve boa parte da produção dos Municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Teresópolis, Sumidouro, etc.
UNIDADE MÉDIO PARAÍBA (PATY DO ALFERES)
Inaugurado em 1978, é um Mercado muito bem localizado em condições de atender aos Municípios que o cercam.
UNIDADE NORTE FLUMINENSE(SÃO JOSÉ DE UBA)
No município de São José de Ubá, o entreposto possui infraestrutura para atender Santo Antônio de Pádua, Cambuci, etc.
UNIDADE NOROESTE FLUMINENSE (ITAOCARA)
Inaugurada em 1982, possui infraestrutura para atender as cidades de Cardoso Moreira, São José de Ubá, Aperibe, etc.

IMPRENSA / notícias

Confraternização

Ceasa-RJ promove festa de confraternização

Publicado em:28.12.2017 - 18:02 Por:Edir Lima

A confraternização de fim de ano da Ceasa-RJ, realizada no último dia 21, na sede da empresa, reuniu cerca de 100 funcionários. Durante o almoço, o clima foi de muita dança e descontração, liderado pela equipe Sonorização e pelo Grupo Soar Samba. O auge da festa foi a apresentação da bateria e passistas da Escola de Samba Portela. Sobrou alegria. O presidente Aguinaldo Balon e sua diretoria participaram da festa.

José Mauro Vasconcelos, do Banco de Alimentos, um dos mais antigos funcionários da Ceasa-RJ, com 39 anos de empresa, elogiou a iniciativa da direção. Segundo ele, a confraternização no prédio da empresa integra ainda mais os funcionários.

“Muito melhor do que fazer em um clube, onde o espaço maior ajuda a dispersar as pessoas. Hoje o clima é de união e integração. Isso é fundamental para o dia a dia da empresa. A direção está de parabéns”, comentou.

Rosi Ferreira, da Divisão de Gestão de Pessoas, destacou um dos focos da festa de confraternização. Segundo ela, o evento, além de aproximar as pessoas, melhora a autoestima.

“A festa de confraternização não tem diferença de cargo. A harmonia e a integração das pessoas chama a atenção. O nível é um só. O mais humilde funcionário recebe e retribui a atenção dada por um diretor ou presidente. Isso não tem preço. Muito bom”, analisou.

Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil