Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE ESTADO DE AGRICULTURA, PECUÁRIA, PESCA E ABASTECIMENTO
AVISO!
Você está sendo redirecionado para fora do site do CEASA.
Deseja continuar ?
UNIDADES
A Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro CEASA-RJ é uma empresa vinculada à Secretaria de Estado de desenvolvimento regional, abastecimento e pesca. Conheça as unidades abaixo:
UNIDADE GRANDE RIO
É a segunda maior Central de Abastecimento da América Latina e opera junto à sede da empresa no subúrbio da cidade.
UNIDADE SÃO GONÇALO
Considerado o entreposto com maior potencial do Estado, a unidade cresce na mesma proporção que os municípios vizinhos.
UNIDADE REGIÃO SERRANA(NOVA FRIBURGO)
Inaugurado em 1977, absorve boa parte da produção dos Municípios de Nova Friburgo, Bom Jardim, Teresópolis, Sumidouro, etc.
UNIDADE MÉDIO PARAÍBA (PATY DO ALFERES)
Inaugurado em 1978, é um Mercado muito bem localizado em condições de atender aos Municípios que o cercam.
UNIDADE NORTE FLUMINENSE(SÃO JOSÉ DE UBA)
No município de São José de Ubá, o entreposto possui infraestrutura para atender Santo Antônio de Pádua, Cambuci, etc.
UNIDADE NOROESTE FLUMINENSE (ITAOCARA)
Inaugurada em 1982, possui infraestrutura para atender as cidades de Cardoso Moreira, São José de Ubá, Aperibe, etc.

IMPRENSA / notícias

Banco de Alimentos

Ceasa-RJ inaugura Banco de Alimentos no Mercado de Colubandê, em São Gonçalo

Publicado em:29.01.2014 - 17:24 Por:Ciro Cavalcante e Jeline Rocha Foto: Luiz Barros

A Ceasa-RJ inaugurou na manhã desta quarta-feira, 29, no Mercado de Colubandê, em São Gonçalo, a segunda unidade do Banco de Alimentos, programa contra o desperdício e combate à fome implantado em 2011 no Mercado de Irajá, no Rio. Atuando como uma central de arrecadação, processamento e distribuição de alimentos sem condições ideais de comercialização, mas adequados ao consumo, o Banco de Alimentos beneficia mais de 20 mil pessoas em todo o estado, em um universo de 120 instituições e nove comunidades pacificadas no estado, parceria iniciada com as Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) em 2012.

Implantada no espaço de uma agência bancária desativada, o Banco de Alimentos de Colubandê vai facilitar e agilizar o dia a dia das 45 instituições de São Gonçalo e Niterói já atendidas pelo projeto, em um universo de 5 mil beneficiados. Com a nova unidade, serão contemplados pelo programa mais 17 municípios. São eles: Guapimirim, Itaboraí, Tanguá, Rio Bonito, Cachoeiras de Macacu, Silva Jardim, Casimiro de Abreu, Maricá, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro d'Aldeia, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Armação de Búzios, Macaé e Rio das Ostras.

Inauguração - A inauguração reuniu comerciantes do ramo; representantes de instituições beneficiadas com o programa; diretores e o presidente da Ceasa-RJ, Leonardo Brandão; e o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, Felipe Peixoto, que adiantou algumas das ações de expansão do programa previstas ainda para este ano. Um exemplo é a implantação do Banco de Alimentos nas outras quatro unidades que a Ceasa mantém no interior: Nova Friburgo (Região Serrana), Itaocara (Noroeste), São José de Ubá (Norte) e Paty do Alferes (Médio-Paraíba).

- Nosso objetivo é transformar o projeto em uma cadeia de segurança alimentar em todo o estado, auxiliando na complementação alimentar de pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e, ao mesmo tempo, combatendo o desperdício. A inauguração de hoje é o primeiro passo da expansão desse programa tão importante e que veio para ficar - disse o secretário, referindo-se à inauguração dos bancos de alimentos no interior.

Aumento expressivo - No Mercado de São Gonçalo são recolhidos hoje cerca de 500 quilos de alimentos por dia. Mas a expectativa com a chegada do Banco de Alimentos é a de que sejam recolhidas com produtores e permissionários do mercado 15 toneladas por mês, ampliando o atendimento para, pelo menos, 100 instituições até o fim deste ano.

- A nova unidade de São Gonçalo vai permitir um contato mais próximo com as instituições atendidas, que assim terão mais facilidade de acesso para recolher os alimentos. Por isso, nossa estimativa é de que mais instituições sejam atendidas pelo programa – disse Leonardo Brandão, presidente da Ceasa-RJ.

Entre as instituições atendidas pelo Banco de Alimentos está a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Audição (APADA) de São Gonçalo, que atende mais de 400 pessoas por dia e foi representada na inauguração pela coordenadora pedagógica Michele Tavares, que falou dos benefícios. “Recebemos todos os dias muitas pessoas para atendimento, a maioria carentes. Vivemos de doações e essas bolsas de alimentos nos permitem dar maior dignidade a essas pessoas, humanizando nosso atendimento. Estamos no programa desde a inauguração. Só que antes era preciso ir a Irajá para buscar. Ter um ponto aqui próximo vai facilitar bastante nossa vida”.

A expansão - Para expandir o projeto, a Ceasa-RJ foi contemplada, em 2013, com um edital do Ministério do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome (MDS), que garante recursos para a implantação dos postos de atendimento. Um outro edital, também do MDS, delega à Ceasa a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA Estadual), que consiste na compra da produção da agricultura familiar em todo o estado para ser repassada a instituições cadastradas.

Cadastro - O Mercado de Colubandê fica na Rua Capitão Juvenal Figueiredo, 1.046 (paralelo à RJ-104), e o Banco de Alimentos funcionará de segunda a sexta, das 8h às 17h. As instituições interessadas em se cadastrar devem encaminhar ofício à Presidência da Ceasa-RJ com cópia do CNPJ; Ata de criação da Instituição com os dirigentes; relatório das atividades desenvolvidas com público beneficiado, número de assistidos e faixa etària; comprovante de endereço; RG e CPF do presidente e outro responsável pela Instituição; Alvará de funcionamento; e certificado de inscrição em Conselho de Direito (Conselho Municipal, Estadual ou Nacional de Assistência Social, Criança e Adolescente, Idoso ou outro condizente com a atividade). Mais informações pelo telefone 2333-8228.

Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil